AUTO-ARQUIVAMENTO E ACESSO ABERTO: DEVERES E DIREITOS DIGITAIS NA SOCIEDADE DE REDE

Repositório Vitor Marinho

AUTO-ARQUIVAMENTO E ACESSO ABERTO: DEVERES E DIREITOS DIGITAIS NA SOCIEDADE DE REDE

Mostrar registro completo

Título: AUTO-ARQUIVAMENTO E ACESSO ABERTO: DEVERES E DIREITOS DIGITAIS NA SOCIEDADE DE REDE
Autor: FERRARI, Rodrigo; PIRES, Giovani De Lorenzi
Resumo: Este artigo é o produto de uma investigação sobre o auto-arquivamento em repositórios digitais como uma relação de direitos e deveres no contexto da sociedade em rede e do acesso aberto. Partimos de um estudo de caso sobre a percepção de pesquisadores brasileiros sobre os usos e propósitos do Repositório Institucional da Rede CEDES (RIRC). Isto criou condições para observar e refletir sobre o compromisso social e político dos pesquisadores da Rede CEDES em organizar e disponibilizar as produções dessa ação ministerial em acesso aberto. Realizamos dez entrevistas com os pesquisadores da Rede CEDES no período de 19/11/2010 até 14/09/2011 e utilizamos algumas estatísticas do RIRC e da própria rede como dados. Nesse texto, apresentamos uma discussão sobre o auto- arquivamento no RIRC a partir de três conceitos principais: distribuição coletiva; inteligência coletiva, cultura participativa. Como resultado desta pesquisa, observamos que há contradições entre um discurso pautado pelas qualidades ideais dos repositórios digitais e do acesso aberto em contraste com a prática efetiva que deveria materializar esse discurso.
Descrição: Artifgo publicado na Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação - RDBCI.
URI: http://www.cedes.ufsc.br:8080/xmlui/handle/123456789/415
Data: 2014-03-13


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização Descrição
2014-RDBCI-RodrigoFerrari.pdf 601.3Kb PDF Visualizar/Abrir Artigo periódico

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar


Navegar

Minha conta